Reserva Biológica do Uatumã

Área 940.358,00ha.
Document area Decreto - s/nº - 19/09/2002
Jurisdição Legal Amazônia Legal
Ano de criação 1990
Grupo Proteção Integral
Instância responsável Federal
Corredor Central da Amazônia

Mapa

Municípios

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Municípios - REBIO do Uatumã

# UF Município População (IBGE 2018) População não urbana (IBGE 2010) População urbana (IBGE 2010) Área do Município (ha) (IBGE 2017) Área da UC no município (ha) Área da UC no município (%)
1 AM Presidente Figueiredo 35.352 14.174 13.001 2.541.226,50 450.537,53
47,64 %
2 AM São Sebastião do Uatumã 13.685 4.801 5.904 1.064.746,30 157.631,83
16,67 %
3 AM Urucará 16.383 7.209 9.885 2.790.353,40 337.626,58
35,70 %

Ambiente

Fitofisionomia

Fitofisionomia (cursos d'água excluídos) % na UC
Floresta Ombrófila Densa 100,00

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Jatapu 100,00

Biomas

Bioma % na UC
Amazônia 100,00

Gestão

  • Órgão Gestor: (ICMBIO) Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
  • Tipo de Conselho: Consultivo
  • Ano de criação : 2008

Documentos Jurídicos

Documentos Jurídicos - REBIO do Uatumã

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de Publicação Observação Download
Decreto s/nº Alteração de limites 19/09/2002 20/09/2002 Amplia os limitas da Reserva Biológica de Uatumã, no estado do Amazonas, e dá outras providências. Ficam acrescidas duas áreas, uma de 139.144 hectares e outra de 241.214 hectares, totalizando um acréscimo de aproximadamente 380.358 hectares.  
Portaria 48 Conselho 23/07/2008 24/07/2008 Cria o Conselho Consultivo da Reserva Biológica Uatumã com a finalidade de contribuir com ações voltadas à efetiva implantação e implementação do Plano de Manejo dessa Unidade de Conservação e ao cumprimento de seus objetivos de criação.  
Portaria 33 Conselho 20/05/2011 23/05/2011 Altera a composição do Conselho da REBIO.  
Portaria 168 Instrumento de gestão - plano de manejo 24/12/2002 27/12/2002 Aprova o Plano de Manejo da RESERVA BIOLÓGICA DE UATUMÃ;  
Decreto 99.277 Criação 06/06/1990 07/06/1990 Cria a Reserva Biológica do Uatumã, no Estado do Amazonas, com objetivo de proteger amostra representativa dos ecossistemas das bacias dos Rios Uatumã e Jatapu, com todos os seus recursos naturais e perfazendo uma área total aproximada de 560.000 hectares.  
Outros s/nº Outros 25/09/2020 25/09/2020 Apoio para a implementação e operacionalização da Reserva Biológica do Uatumã - Rebio Uatumã, com interveniência da ASSOCIAÇÃO COMUNIDADE WAIMIRI ATROARI - ACWA.OBJETO: Formalizar os entendimentos mantidos entre as partes e regular as atividades, decorrentes do Art. 5o, do Decreto no 99.277, de 06 de junho de 1990, a serem desenvolvidas em conjunto, sob o regime de cooperação, unindo esforços e recursos das partes, para viabilizar a operacionalização e manutenção da Reserva Biológica do Uatumã, conforme Plano de Trabalho em anexo.  

Documentos de gestão - REBIO do Uatumã

Tipo de plano Ano de aprovação Fase Observação
Plano de manejo 2002 Aprovado Portaria 168 de 24/12/2002 aprova o Plano de Manejo da Rebio.

Características

Na área de influência da UHE Balbina, no Amazonas, foi criada a Reserva Biológica do Uatumã pelo Decreto Federal nº 99.277 de 06/06/90. A sua implantação, manutenção e controle está sob a responsabilidade do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis - IBAMA, com apoio logístico e financeiro da ELETRONORTE. Apresenta uma área de 560.000 ha e está localizada na margem esquerda do reservatório de Balbina. Os critérios de escolha da área e sua dimensão foram a proximidade com o reservatório e a grande proporção de terras devolutas. A categoria justifica-se pelo fato de que a área em questão tem uma significativa cobertura por Floresta Tropical Densa, com um tamanho de área bem como os recursos naturais nela contidos que atendem os objetivos que norteiam a criação de uma Reserva Biológica, em conformidade com o Plano de Sistema de Unidades de Conservação do Brasil (IBDF, 1982). A Reserva Biológica do Uatumã está incluída numa região considerada de máxima prioridade para conservação da diversidade biológica na Amazônia e faz parte do Corredor Ecológico da Amazônia Central, que pretende fortalecer e criar uma série de unidades de conservação na calha norte do rio Amazonas.
Em 1997 a Eletronorte, em cooperação com o IBAMA, elaborou o Plano de Manejo da Reserva do Uatumã que encontra-se em fase de implementação em parceria entre a Manaus Energia, empresa subsidiária da Eletronorte e o IBAMA. (http://www.eletronorte.gov.br/mambiente5.htm - acesso em 30/04/2003)

Os objetivos específicos da Reserva são preservar a diversidade biológica do ecossistema de Floresta Tropical Densa da bacia do rio Uatumã/Jatapu e os ecossistemas lacustre e insular formados com o barramento do rio Uatumã e proteger espécies endêmicas, raras, vulneráveis ou ameaçadas de extinção. A região está caracterizada pelo sistema de Floresta Tropical Densa, caracterizando-se pela uniformidade do dossel, sendo portanto pequeno o número de espécies emergentes. O sub-bosque é denso. Apresenta ainda, formações de floresta aberta com palmeiras e cipós, destacando-se a presença do patauá (Oenocarpus bataua) e do inajá (Maximiliana regia). (IBAMA/98)

Contato

Endereço para Correspondência:
Rua Rio Negro, n° 01 - CPA - Vila de Balbina
CEP: 69736-000 - Presidente Figueiredo - AM
Tel: (92) 312-1226 / 312-1090

Coordenadoria Regional (ICMBio): Caio Marcio Paim Pamplona
Endereço CR: Av. do Turismo, 1350 - Tarumã
CEP: 69041-010 - Manaus/AM
Tel: (92) 3613-3080
(92) 3232-7040
(92) 3303-6443
Email: cr.manaus@gmail.com

Notícias

Total de 49 notícias sobre a área protegida REBIO do Uatumã no banco de dados RSS

Ver todas as notícias dessa área protegida

 

As notícias publicadas neste site são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.